1 de mar de 2015

"Beijar, ficar e outros verbos adolescentes"

       Embora o adulto creia que seja a adolescência a fase mais bonita da vida, vale lembrar que ela é marcada por questões que abalam profundamente a autoestima, gerando conflitos que, para os que a vivenciam, têm um peso muito grande: alguém do sexo oposto virá a se interessar por mim? Quando terei meu primeiro beijo? O que fazer para ter um corpo  perfeito? Só as garotas lindas podem conseguir um namorado?
      A maior parte dessas questões são relacionadas à sexualidade que aflora  após a chegada do primeiro ciclo menstrual, apontando que o corpo  está pronto para reproduzir. A partir de então  o que é puramente físico se confunde com o que é do campo dos sentimentos (e isso vale para meninas e meninos).
        Aninha fala da sua paixão por Bernardo, da relação com as amigas da escola, deixando o tempo ir levando as emoções, as pessoas, as inseguranças, num fluxo onde, apesar da angústia, ela percebe a dinâmica que move as coisas que acontecem em sua vida.
"Beijar, ficar e outros verbos adolescentes" é um livro de Filosofia, já que apresenta a observação, o questionamento e a busca da verdade das coisas como caminho para a superação das angústias cotidianas. Trata-se de um texto que lança luz sobre a beleza da interioridade que aflora quando se abre as portas para um diálogo consigo mesmo. É claro que também traz conceitos filosóficos  importantes na fala de personagens, o que enriquece ainda mais o texto que, à primeira vista, dá a impressão de ser apenas um depoimento interessante de uma garota de 15 anos.
Enfim, embora seja um livro escrito para adolescentes, desperta o interesse de pessoas de todas as idades, já que traz questões que acompanham a mulher em todas as fases de sua vida. Quanto aos garotos, aos homens, talvez o livro seja oportunidade para compreender melhor o pensamento feminino e a lógica que move sua ação.
O livro pode perfeitamente ser utilizado em sala de aula, na disciplina de Língua Portuguesa (para interpretação de textos e para suscitar  discussões sobre sexualidade  e outras questões da vida do adolescente), em Arte (como os textos são marcados pelo discurso direto, permite a montagem de peça teatral) e, por fim, em Filosofia (aplicando teorias filosóficas utilizando as situações do livro para ilustrar o pensamento de filósofos).
Após o lançamento do livro, que ocorrerá às 20  horas do dia 5 de março no Colégio Soberano em Cataguases, o livro estará disponível  nas livrarias.
Escolas interessadas em receber a visita da autora, palestras, projetos, devem fazer contato pelo  e-mail:  idalinadecarvalho@gmail.com

0 comentários:

.