18 de mar de 2014

Elementos de ligação mais usuais empregados na dissertação


Uma dissertação bem redigida apresenta necessariamente perfeita articulação de ideias. 

Para obtê-la, é necessário promover o encadeamento semântico (significado, ideias) e o encadeamento sintático (mecanismos que ligam uma oração à outra). A coesão (elemento da frase A retomado na frase B) é obtida, principalmente, através dos elementos de ligação que proporcionam as relações necessárias à integração harmoniosa de orações e parágrafos em torno de um mesmo assunto. 

Tendo por base um levantamento elaborado por Othon Moacyr Garcia (Comunicação em Prosa Moderna), arrolamos os elementos de ligação mais usuais empregados na dissertação – advérbios, locuções, conjunções e preposições. Os itens seguintes encerram o significado de cada grupo de elementos da ligação.


RELAÇÃO 

DE SENTIDO
ELEMENTOS DE LIGAÇÃO DE IDÉIAS
Prioridade, relevânciaEm primeiro lugar, acima de tudo precipuamente, principalmente, primordialmente, sobretudo.
Tempo
(freqüência, duração, ordem, sucessão, anterioridade, posteridade)
Então, enfim, logo, logo depois, imediatamente, logo após, a princípio, pouco antes, pouco depois, anteriormente, posteriormente, em seguida, afinal, por fim, finalmente, agora, atualmente, hoje, freqüentemente, constantemente, às vezes, eventualmente, por vezes, ocasionalmente, sempre, raramente, não raro, ao mesmo tempo, simultaneamente, nesse ínterim, nesse meio tempo, enquanto, quando, antes que, depois que, logo que, sempre que, desde que, todas as vezes que, cada vez que, apenas.
Semelhança, comparação, conformidadeIgualmente, da mesma forma, assim também, do mesmo modo, similarmente, semelhantemente, analogamente, por analogia, de maneira idêntica, de conformidade com, de acordo com, segundo, conforme, sob o mesmo ponto de vista, tal qual, tanto quanto, como, assim como,bem como, corno se.
Condição, hipóteseSe, caso, eventualmente, desde que, contanto que, a não ser que, salvo se, como, conforme, segundo, de acordo com, em conformidade com, consoante, para, em consonância.
AlternânciaOu, ora…ora, já…já, seja…seja, quer,..quer.
ExplicaçãoPois, porque, por, porquanto, uma vez que, visto que, já que, em virtude de.
Fazer concessãoApesar de, embora, ainda que, se bem que, por mais que,por menos que, por melhor que, por muito que, mesmo que.
Para concluirPortanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
Para incluirTambém, inclusive, igualmente, até (inclusive)
Adição, continuaçãoAlém disso,outrossim, ainda mais, ainda por cima, por outro lado, também e as conjunções aditivas (e nem, não só…mas também e, nem, também, ainda além de, não apenas…como também, não só…bem como, também, inclusive igualmente, até, bem como, não só… mas ainda, não somente mas também, alem de, com efeito, por outro lado, ainda, realmente, ora, acrescentando-se que, acrescente-se que, saliente-se ainda que, paralelamente, alem disso, ademais, alem do mais, alem do que, tanto…quanto, como se não bastasse,tanto… como.
DúvidaTalvez, provavelmente, possivelmente, quiçá, quem sabe, é provável, não é certo, se é que.
Certeza, ênfaseDe certo, por certo, certamente, indubitavelmente, inquestionavelmente, sem dúvida, inegavelmente,com toda a certeza.
Surpresa, imprevistoInesperadamente, inopinadamente, de súbito, imprevistamente surpreendentemente.
Ilustração, esclarecimentoPor exemplo, isto é, quer dizer, em outras palavras, ou por outra, a saber.
Propósito, intenção,FinalidadeCom o fim de, a fim de, com o propósito de
Lugar, proximidade, distânciaPerto de, próximo a ou de, junto a ou de, dentro fora, mais adiante, além,acolá, lá, ali, algumas preposições e os pronomes demonstrativos.
Resumo, recapitulação,conclusãoEm suma, em síntese, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente então, deste modo, desta maneira,em vista disso, diante disso.
Causa, conseqüência e explicaçãoAssim, de fato, com efeito, que, já que, uma vez que, visto que, por conseguinte, logo, pois (posposto ao verbo), então conseqüentemente, em vista disso, diante disso, em vista do que, de (tal) sorte que, de (tal) modo que de, (tal) maneira que…, por conseqüência, como resultado, tão…que, tanto…que, tamanha(o)…que, tal … que…,decorrente de, em decorrência de, conseqüentemente, com isso, que, porque, pois, como, por causa de, já que, uma vez que, porquanto; na medida em que, visto que.
Contraste, oposição, restrição, ressalvaPelo contrário em contraste com, salvo, exceto, menos, mas, contudo, todavia, entretanto, embora, apesar, ainda que, mesmo que, posto que, conquanto que, se bem que, por mais que, por menos que, porém, contudo, todavia, entretanto, no entanto, não obstante, senão, opor-se, contrariar, negar, impedir, surgir em oposição, surgir em contraposição apresentar em oposição, ser contrário.
AfirmaçãoConsistir, constituir, significar, denotar, mostrar, traduzir-se por, expressar, representar, evidenciar.
CausalidadeCausar, motivar, originar, ocasionar, gerar, propiciar, resultar, provocar, produzir, contribuir, determinar, criar.
FinalidadeVisar, ter em vista, objetivar, ter por objetivo, pretender, tencionar, cogitar, tratar, servir para, prestar-se para.
Palavras de transiçãoPalavras responsáveis pela coesão do texto por estabelecem a inter-relação entre os enunciados (orações, frases, parágrafos), são preposições, conjunções alguns advérbios e locuções adverbiais. Inicialmente (começo introdução) desde já (começo introdução) a principio, a priori (começo), em primeiro lugar (começo)além disso (continuação), do mesmo modo (continuação), acresce que (continuação), ainda por cima (continuação), bem como (continuação),  outrossim (continuação), enfim (conclusão), dessa forma (conclusão), em suma (conclusão), nesse sentido (conclusão), portanto (conclusão), afinal (conclusão),logo após (tempo), ocasionalmente (tempo), posteriormente (tempo)atualmente (tempo), enquanto isso (tempo), imediatamente (tempo), não raro (tempo), concomitantemente (tempo), igualmente (semelhança, conformidade), segundo (semelhança, conformidade), conforme (semelhança conformidade) assim também (semelhança, conformidade), de acordo com (semelhança, conformidade), daí (causa e conseqüência), por isso (causa e conseqüência), de fato (causa e conseqüência), em virtude de (causa e conseqüência), assim (causa é conseqüência) naturalmente (causa e conseqüência),  então (exemplificação esclarecimento), por exemplo (exemplificação, esclarecimento) isto é (exemplificação esclarecimento), a saber (exemplificação, esclarecimento), em outras palavras (exemplificação esclarecimento), ou seja (exemplificação esclarecimento) quer dizer (exemplificação esclarecimento) rigorosamente falando (exemplificação, esclarecimento).
Coesão por substituição
Substituição de um nome (pessoa, objeto, lugar etc) verbos períodos ou trechos do texto por uma palavra ou expressão que tenha sentido próximo, evitando a repetição no corpo do texto.Ex.: Porto Alegre pode ser substituída  por “a capital gaucha; Castro Alves pode ser substituído por “O Poeta dos Escravos ;João Paulo II: Sua Santidade; Vênus: A Deusa da Beleza.





TANGANELLI, Carla Cristina; SOUZA, Fátima Cristina de. Curso técnico. São Paulo: Colégio Cetés, 2013. 90 p.

34 comentários:

Diogo disse...

Parabéns Diego! Esta tabela está incrivelmente completa e é muitíssimo útil!!!!

Guto Lima disse...

Parabéns pelo material. Poderia até cobrar pelas dicas e pele sugestão dos elementos de ligação.

D padua disse...

Sensacional,muitíssimo obrigada pela dica a palavra correta no momento é:
Te amo, beijos!

Flavianne Silva disse...

Ótimo material! Sempre recorro à ele quando vou fazer meus trabalhos da faculdade. Muito obrigada!

Fhabiana Thieli disse...

Fiz questão de fazer login para agradecer sua iniciativa. Sensacional, excelente, e completíssimo! Este artigo vai salvar minha dissertação! Que Deus te abençõe, abençõe seu trabalho por ser uma pessoa tão dedicada!

Celia Costa disse...

Muito obrigada, justamente o que eu estava precisando !!!

Ednalva Maria disse...

Pessoas como você, realmente, contribuem para um mundo melhor. Obrigada!

Franklanio Soares Maciel disse...

Parabéns, o material está muito bom.

Franklanio Soares Maciel disse...

Parabéns pela iniciativa e pelo material!!!

Criscia Maria disse...

Parabéns pela iniciativa,tenho certeza que hei de fazer uma boa redação no enem. Muito obrigada mesmo.

wagnerdb disse...

Excelente o trabalho!

carla w disse...

Obrigada.Grata pelo material!

Luciane Barreto disse...

Era exatamente o que eu estava procurando,obrigado por compartilhar!

Luciane Barreto disse...

Era exatamente o que eu estava procurando,obrigado por compartilhar!

Unknown disse...

Como é bom existirem pessoas que empregam seu tempo para ajudar anônimos. Parabéns, sua tabela ficou completa, organizada e extremamente útil para meus alunos. Agradecemos.

Anônimo disse...

Realmente muito bom seu trabalho. Está de parabéns

Anônimo disse...

Muito bom!!
Estou usando frequentemente. Sempre me ajuda!

Lindalva santos santana disse...

Valeu, professor por compartilhar o seu capital cientifico, de maneira tão solidaria. Um grande AXÈ.

Anônimo disse...

Muito legal o post, mas meus amigos ignorantes resolveram iniciar com atualidade

camille siray disse...

Nossa, muito completo esse material, me ajudou demais para fazer umas redações aqui, era o que eu queria para poder fazer os textos

https://tudoinfoco.wordpress.com/

antmarkster disse...

..Professor! Muito obrigado por esta aula..Show de bola.Que papai do céu continue lhe dando saúde, a fim de que o senhor possa dar continuidade a seu trabalho com essa força. Grato. Marcos Antonio, Ilha do Governador, Freguesia.

NEWMA PEREIRA CARVALHO disse...

Amei, muito bom o conteúdo, agora já seu quando precisar vou recorrer aqui.
Parabéns ao editor.

NEWMA PEREIRA CARVALHO disse...

Amei, muito bom o conteúdo, agora já seu quando precisar vou recorrer aqui.
Parabéns ao editor.

NEWMA PEREIRA CARVALHO disse...

Amei, muito bom o conteúdo, agora já sei quando precisar vou recorrer aqui.

Perplexo disse...

Excelente material Professor Diego Lucas! Muito útil! Parabéns!

Perplexo disse...

Excelente trabalho Professor Diego Lucas! Muito útil!

Anônimo disse...

Ola Diego, tudo bem? As conjunção são usadas para ligar orações, mas o que tu me diz de iniciar parágrafos com o uso de conjunções?? estaria certo? por exemplo,
ex: "[...] é interessante analisar [...].
Assim, na tabela abaixo..."

Ana Gaspar disse...


Estou interessada em comprar seu livro Diário de Classe: DiNâmicas facilitadoras para o ensino da língua portuguesa. E aí, já publicou?

Fabrini disse...

Tá de parabéns, o material está riquíssimo... muito obrigado.

Unknown disse...

Gratidão pela partilha!

kall disse...

Caro amigo, foi muito esclarecedor seus tópicos você esta de parabéns!
só falta aplicação de exemplos

Juliana Correia disse...

Nossa... Gostei bastante! São coisas que a gente aprende no ensino regular, mas esquece no decorrer do tempo... Valeu pela RELEMBRADA!!! bjs...

Unknown disse...

Excelente material! Me ajuda muito quando preciso escrever algum texto.
Muito obrigada!

Klabla disse...

Formidável!

.