20 de jun de 2011

Sites e redes sociais sobre várias disciplinas se multiplicam na internet e dão uma força na hora do estudo, com vídeos e exercícios

 Estudar para o vestibular parece até, algumas vezes, sessão de tortura: horas e horas sentado lendo, fazendo exercícios e resumos. Mas a internet oferece também sites e redes sociais que fariam a sua mãe nunca mais dizer aquela frase: "Sai do computador e vai estudar, menino!".

Seja história ou matemática, química ou língua portuguesa, há ofertas de exercícios, explicações em vídeo, e até dá para tirar as dúvidas que batem no meio da madrugada de ralação.
 Confira a nossa seleção e aproveite para meter a cara nos livros, ou melhor, na tela. Mas não vale ficar com o Facebook aberto na outra aba, hein?

A rede social Amo Matemática ( bit.ly/amomatematica ) é a prova de que existe muita gente apaixonada pelo terror da maioria dos estudantes. Lá, é possível tirar dúvidas com outros membros sobre as várias áreas da disciplina. Para facilitar, ela já é organizada em temas. Ótimo para resolver aquela dúvida no meio da madrugada de estudo. Quem sabe não tem alguém acordado?

Salman Khan trabalhava no mercado financeiro e começou a postar vídeos de aulas no YouTube para ajudar um sobrinho que morava longe. Hoje, ele se dedica apenas a sua Khan Academy ( bit.ly/academiakhan ) e produz vídeos sobre física, matemática, química e biologia. Sua fama se espalhou e até Bill Gates usa suas aulas para ajudar os filhos.

O site do Espaço Ciência Viva ( bit.ly/cienciaviva ), museu de ciências no Rio de Janeiro, conta com vários dossiês sobre temas científicos atuais: DNA, bactérias, dengue, água e aquecimento global. São artigos, reportagens e entrevistas que ajudam a entender melhor como a ciência está presente no cotidiano. Todo conteúdo é supervisionado por pesquisadores.

O Café História ( bit.ly/cafehistoria ), criado pelo historiador e jornalista Bruno Leal há três anos, é um ponto de encontro virtual para amantes da História. Reúne notícias, artigos, entrevistas, blogs, fóruns, fotos e vídeos sobre diversos temas. Para participar, é só se cadastrar. A ideia é que todos colaborem e produzam conteúdo.

A escravidão no Brasil é um dos assuntos mais polêmicos de nossa História. Assunto certo no vestibular. O Detetives do Passado ( bit.ly/detetivesdopassado ), desenvolvido pela Unirio, permite que estudantes incorporem os papéis de escravos ou libertos no século XIX através de jogos e oficinas. Seja um padeiro ou um oficial de Justiça e veja como o Brasil funcionava há 200 anos.

Iniciativa da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos em parceria com a Unesco, a Biblioteca Digital Mundial ( bit.ly/wdl-pt ) reúne, atualmente, 1464 documentos, mapas e artigos em português sobre a história e a geografia dos cinco continentes. É possível, inclusive, fazer pesquisas por períodos ou lugares determinados.

Tem gente que diz que a língua portuguesa não tem regra, tem exceção. Exageros à parte, entre sintaxe, semântica e gramática, são muitas cascas de banana. No site Só Português ( bit.ly/soportugues ) , há explicações e exercícios sobre tudo da nossa língua. Está disponível também um banco de provas on-line e de vestibulares.

Estudar línguas é exigido tanto nos vestibulares quanto na vida. A rede social LiveMocha ( bit.ly/livemocha ) promove o encontro entre quem quer aprender outro idioma e está disposto a ensinar o seu. A sua maior vantagem é que os usuários corrigem não só a gramática, mas também a pronúncia, além de ajudar com o vocabulário. 

____________. Sites e redes sociais sobre várias disciplinas se multiplicam na internet e dão uma força na hora do estudo, com vídeos e exercícios. O GLOBO. Disponível em: http://oglobo.globo.com/educacao/vestibular/mat/2011/03/31/sites-redes-sociais-sobre-varias-disciplinas-se-multiplicam-na-internet-dao-uma-forca-na-hora-do-estudo-com-videos-exercicios-924129955.asp. Acesso em 20/06/2011.

0 comentários:

.