5 de set de 2013

Guia do participante do Enem 2013 é divulgado apenas online; confira

Candidato pode conferir no manual regras da prova e critérios da redação
 


O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do governo federal responsável pela aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), divulgaram nesta quinta-feira o guia do participante para a redação nas provas que serão realizadas nos dias 26 e 27 de outubro em todos os Estados e no Distrito Federal. O guia ficará disponível somente online e pode ser acessado pelos candidatos no site do Inep.

O Guia do Participante 2013 detalha aspectos da redação e exemplifica textos que receberam nota mil. Um dos textos apresentados no guia contém um erro de acentuação. Trata-se da palavra “espanhóis” que aparece três vezes no texto, mas só está acentuada duas vezes. De acordo com Mercadante, a falta de acento agudo em uma única vez caracteriza uma situação limite, na medida em que a autora do texto demostrou conhecimento da norma culta ao escrever duas vezes a palavra corretamente

— No ano passado, havia uma tolerância com o erro, desde que todas as outras condições fossem preenchidas. Agora, só será possível erro se ele for excepcional. Aquela redação mostra que é uma acentuação excepcional, porque escreveu duas vezes de forma correta a palavra, e só numa terceira vez esqueceu a acentuação. E como não tem nenhum outro erro ortográfico na redação, ela está muito bem feita, isso aqui é o caso limite — disse Mercadante.

Segundo o ministro, a escolha dessa redação com um erro de acentuação foi proposital, para ilustrar a situação limite tolerada pelo edital. Ele disse que havia outros textos com nota máxima e sem erro.

É um manual gratuito dividido em quatro partes, que explica as mudanças nos critérios de avaliação e traz dicas para a prova. Além dos cinco exemplos de redação com nota máxima no ano passado, o guia traz informações para orientar os participantes do Enem de 2013, sobre como redigir o texto. Cada redação deve ter no mínimo oito linhas e a colocação de título é opcional. Os participantes têm liberdade para adotar ou não as regras do novo acordo ortográfico.

Neste ano, mais de 7,1 milhões de candidatos realizarão as provas do Enem, de acordo com o MEC, informando que o grande número de inscritos explica por que o manual não será distribuído fisicamente aos candidatos. Desse total, 5,2 milhões de candidatos foram liberados do pagamento da taxa de inscrição de R$ 35, o que representa 73,1 % dos inscritos, informou o ministério.

De acordo com o ministro, os candidatos devem receber o informativo sobre o local da prova entre o final de setembro e o início de outubro. Ao todo, 648 mil pessoas estão envolvidas na aplicação das provas, dentre coordenadorias estaduais, municipais e de locais de aplicação, chefes de sala fiscais e pessoal de apoio. Durante as provas, serão realizados mais de 48 mil atendimentos especiais para pessoas com deficiência, gestantes, idosos e lactantes. 

Em 2013, o MEC decidiu aumentar o número de profissionais que farão a correção dos textos, de 8,4 mil para 9,5 mil. A decisão foi tomada após uma simulação que mostrou que serão necessários mais corretores, já que um terceiro profissional será acionado sempre que houver discrepância superior a cem pontos nas notas dos dois primeiros avaliadores. Em 2012 esse intervalo era de 200 pontos.












WEBER, Demétrio. MEC divulga guia de redação para participantes do Enem 2013 [adaptado]. O GLOBO. Disponível em: http://oglobo.globo.com/educacao/mec-divulga-guia-de-redacao-para-participantes-do-enem-2013-9837104. Acesso em: 05/09/2013. 

Redação. Guia do participante do Enem 2013 é divulgado apenas online; confira [adaptado] . Terra. Disponível em: http://noticias.terra.com.br/educacao/guia-do-participante-do-enem-2013-e-divulgado-apenas-online-confira,248a54ed09ee0410VgnVCM10000098cceb0aRCRD.html. Acesso em: 05/09/2013.

0 comentários:

.